Dra. Alessandra Corrales, especialista em doenças neuromusculares, palestrou sobre o cenário atual das doenças raras no Brasil

*Texto de Anne Caroline Bomfim – Jornalista

O Instituto Doutor Hemerson Casado marcou presença no XI Fórum Brasileiro de Acessibilização, realizado entre os dias 12, 13 e 14 de julho de 2019, na cidade de São José dos Campos, em São Paulo. A diretora científica da entidade, Alessandra Corrales, palestrou sobre o cenário atual das doenças raras no Brasil.

Corrales é fisioterapeuta neurológica e especialista em doenças neuromusculares pela Universidade de São Paulo (USP). O evento reuniu estudantes, médicos, pacientes, familiares e profissionais da área da saúde para discutir alternativas voltadas à acessibilidade.

No primeiro dia do evento (17), a profissional foi convidada a bater um papo com os presentes sobre o tema, além de expor os principais avanços nos tratamentos fisioterapêuticos voltado aos portadores com necessidades especiais, como as fisioterapias motora e respiratória.

“É sempre muito importante trocar experiências e falar sobre um assunto que ainda é tão pouco abordado, mas tão fundamental”, afirma a especialista. Corrales também é membro da Associação Brasileira de Esclerose Lateral Amiotrófica (Abrela).

CONHEÇA O PROJETO BIOMOB

O projeto surgiu a partir da necessidade de obter informações sobre acessibilidade. Atualmente, a BIOMOB trabalha na oferta de soluções digitais como aplicativos, sites, consultoria em acessibilidade e palestras. A empresa criou um aplicativo que encontra locais que oferecem acessibilidade de acordo com a geolocalização.

De acordo a instituição, “muito se fala sobre o assunto, os governos criam normais e leis que infelizmente não são respeitadas pela iniciativa privada, prefeituras e por grande maioria da sociedade civil”.

Saiba mais acessando: http://biomob.org/